O ANTICRISTO E OS ANTICRISTOS - QUEM SERIAM ELES?

06/02/2010

 

Anticristo? O que significa Isso? Quem é essa pessoa? Quando ele virá? ou, quando ele viria? A quem os cristãos primitivos se referiam ao falar de anticristo?

 

O mundo cristão atual continua fala muito no Anticristo, que chamam também de “o homem do pecado, o filho da perdição”, etc., que deverá trazer a “grande tribulação”. Mas, há motivo para se acreditar nisso? Donde eles tiram essas idéias?

 

O termo “anticristo” ocorre apenas quatro vezes na Bíblia, todas elas nas epístolas de João.   "Anticristo" significa "contra Cristo", o oposto ao Cristo. E "Cristo", como é popularmente conhecido, significa "ungido".   Os cristãos creem que Jesus, o judeu crucificado, seja o "ungido" descendente de Davi que era previsto para libertar Israel do domínio gentio. Para eles, Jesus ressuscitou e um dia voltará para julgar o mundo.  

 

E, como as divergências dentro do grupo eram muito grandes, havia os que afirmaram que Jesus eram filho de Javé e havia os que negava que ele fosse divino.   Assim, para os que o tinham como o deus filho, o grupo que o negava era o dos "anticristos".  Por isso o primeiro escritor cristão a usar o termo anticristo escreveu o seguinte:

 

“Filhinhos, esta é a última hora; e, conforme ouvistes que vem o anticristo, já muitos anticristos se têm levantado; por onde conhecemos que é a última hora” (I João 2: 18). “... e todo espírito que não confessa a Jesus não é de Deus; mas é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que havia de vir; e agora já está no mundo (Idem, 4: 3).     "Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Esse mesmo é o anticristo, esse que nega o Pai e o Filho." (I João 2: 22).

 

Esse autor não estava falando de alguém que devesse vir em tempo tão remoto como os nossos dias, mas alguém de seus dias; pois disse claramente: "agora já está no mundo".  

 

E, para todos os cristãos da época, o mundo como é deixaria de existir em muito pouco tempo. Pois Paulo acreditava inicialmente que ainda estaria vivo quanto Jesus voltasse.  Escreveu aos coríntios:

 

Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados" (I Coríntios, 15: 51-52).

 

E João, ou alguém em nome dele, deixou escrito com toda clareza: “... anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que havia de vir; e AGORA já está no mundo". Não há dúvida quanto ao tempo.  Anticristo não era um personagem previsto para um futuro distante, mas um que existia naquele tempo.

 

Esperar um anticristo, uma besta do apocalipse, um “homem do pecado”, etc. em nossos dias é tão razoável quanto o que fazem os judeus, esperar ainda hoje o surgimento do “messias”, aquele predito para estabelecer o reino de Israel sobre todo o mundo, que, segundo Miquéias, deveria reinar a partir da queda da Assíria.

 

Se eles falavam de um anticristo, alguém que negava a divindade de seu Jesus chamado Cristo, e o autor do texto disse "agora já está no mundo", ele não podia estar se referendo a alguém que estivesse ainda num futuro distante, mas alguém de seus próprios dias.

 

Ver mais em QUANDO VIRÁ O ANTICRISTO

 

Ver mais sobre RELIGIÃO

 

..

.