ISAAC NEWTON NÃO ERA ATEU AINDA EXISTEM CRISTÃOS INTELIGENTES

 

Já vi algumas listas em que Isaac Newton  e Galileu Galilei figuram na lista de ateus famosos.  Entretanto, tenho que dizer que quem fez essa lista se enganou. Eles não eram ateus. Eram cristãos que descobriram algumas realidades que se chocam com a chamada "verdade" divina. E Galileu não chegou a descobrir que o deus em que acreditava não existe; até tentou harmonizar a realidade com os equívocos divinos, mas teve que se calar para não morrer.  Alguns religiosos gostam de citar Newton como exemplo de pessoa inteligente que acreditam em deus.

 

No tempo de Copérnico, de Galileu, de Newton era mais compreensível uma pessoa inteligente acreditar numa lenda tão primitiva como o Judaísmo e o Cristinaismo. Todavia, ainda hoje, dado o condicionamento feito na infância, até algumas pessoas inteligentes podem passar a vida acreditando nisso, pelo fato de se dedicarem inteiramente a uma profissão e não se darem ao trabalho de analisar um pouco aquilo que lhes foi colocado na cabeça. Mas, no meio científico atual, só permanecem acreditando uma parte que parece ter ido estudar ciência com a finalidade de desmentir o que a verdadeira ciência descobriu.


Para quem vivia na Europa mil anos atrás não pareceria tão absurdo aquelas poucas espécies de animais conhecidas serem abrigadas em uma embarcação de madeira. Eles não sabia da existência do pinguim e do seu ambiente gelado; não imaginavam que existissem continentes além dos oceanos com milhares de espécies animais inexistentes naquele mundinho deles, além do que era consenso que para seu deus nada é impossível.

 

Quem viveu mil anos atrás não sabiam que a Terra não é o centro do universo e orbita o Sol; não tinham arqueologia para descobrir que as histórias contadas pelo Cristianismo eram falsas e que nunca uma multidão de dois milhões de pessoas viveu quarenta anos num deserto; não tinha condições de verificar por que nunca em nenhuma parte do mundo se tomou conhecimento de um eclipse de três horas; não tinham telescópios nem sabiam da velocidade da luz para saberem que o universo não foi criado seis mil anos atrás e que a Terra é um satélite, sendo impossível vir a existir antes do sol que ela orbita; e, ao que parece, ninguém se dava ao trabalho de analisar as contradições bíblia nem verificar que o deus dos judeus teria prometido incondicionalmente que eles dominariam o mundo após a queda da Assíria, isso não foi cumprido, e ele (os profetas que dizia ser inspirado por esse ser imaginário) prometeu que eles dominariam após a queda de Babilônia; como isso também falhou, outro profeta disse que os reinos do mundo seriam entregues a eles após a queda de Antíoco IV, e eles nunca conseguiram o que lhes foi prometido; e que esse deus também teria prometido que a dinastia de Davi seria eterna como o Sol e a Lua, e ela desapareceu quando eles foram submetidos pelo império babilônico. Além disso, quando alguém inteligente pensava nessas coisas e resolvia falar, esse indivíduo excepcional era assassinado pela igreja ou se calava para poder continuar vivo.

 

No ambiente de terror da Idade Média, conhecida como idade das trevas, a igreja conseguiu espalhar sua lenda pelo mundo inteiro, conseguindo manter viva até hoje essa crença que a Ciência já desmentiu há muito tempo nas cabeças que não param para pensar nessas coisas.  Assim, vemos que Copérnico, Galileu e Newton teriam poucas oportunidades de perceber que acreditavam em um ser imaginário, e ainda restam cérebros inteligentes pensando o tempo todo em algumas coisas muito importantes sem dedicar tempo para raciocinar sobre o absurdo que lhes foi introduzido na mente na infância; além do que existem muitos que estudam ciências a serviço das igrejas com a finalidade de desmentir, ou pelo menos lançar dúvida sobre o que o mundo científico já provou.
 

Ver mais POR QUE SE CRÊ

 

..

.