DIA INTERNACIONAL DA BLASFÊMIA

30/09/2009

O Dia da Blasfémia é celebrado anualmente a 30 de setembro.

A data é assinalada como uma promoção mundial de liberdade de expressão, apelando a todos para participar na luta por este direito humano fundamental.

Este dia surge pois, no dia 30 de Setembro de 2005, o jornal dinamarquês “Jyllands-Posten” publicou uma série de cartoons retratando Maomé. O que se seguiu foi uma batalha de culturas entre o valor ocidental da liberdade de expressão e as rigorosas leis do Islão contra a blasfémia.

A religião exerce uma incomensurável pressão sobre a liberdade de expressão, graças à sua universal condenação da blasfémia. Para as religiões que promovem a ideia de que um Deus criou o universo somente para os seres humanos, a ciência será sempre uma blasfémia, porque a ciência abre fendas nas teologia que as religiões ensinam como verdadeira.

O Dia da Blasfémia é assim um dia de reconhecimento do direito à liberdade de expressão.

Sem liberdade para “blasfemar”, a sociedade mantém-se na escuridão e na ignorância, não há liberdade de expressão.

Blasfemar é defender a ideia de que não há nada tão sagrado que não possa ser criticado, ridicularizado, ou até mesmo falado em voz alta.
<https://multidados.com/blog/blasfemia/>

 

 

Mais do que apenas um dia no calendário, o Dia Internacional da Blasfémia é um movimento internacional contra tudo o que representa o status das religiões na exigência de um respeito atroz pelas suas crenças, dogmas e heróis, como se fossem algo mais do que explicações infantis da realidade, usadas por gente poderosa que as utiliza para obter ainda mais poder.
(Fonte: Portal Ateu)

Ver mais COMEMORAÇÕES, FATOS E MITOS

 

..

.