O DEVER DO MUÇULMANO

 

Ouve-se muito falar em "interpretação distorcida do Alcorão" em referência aos grupos terroristas.  Parece que esses que fazem essas afirmações não leram com atenção.  Esse livro sagrado tem o terror como dever sagrado do muçulmano.

 

"Dize aos incrédulos que, no caso de se arrependerem, ser-lhes-á perdoado o passado. Por outra, caso persistam, que tenham em mente o escarmento dos antigos. Combatei-os até terminar a intriga, e prevalecer totalmente a religião de Deus. Porém, se se retratarem, saibam que Deus bem vê tudo o quanto fazem." (Surata 3: 38, 39).    Não está bem claro que o dever imposto pelo livro sagrado ao muçulmano é fazer guerra até impor o islamismo?  Não é isso que tentam os terroristas? 

"Combatei aqueles que não crêem em Deus e no Dia do Juízo Final, nem abstêm do que Deus e Seu Mensageiro proibiram, e nem professam a verdadeira religião daqueles que receberam o Livro, até que, submissos, paguem o Jizya".(Surata 9: 29). 
Essa foi outra solução proposta por Maomé, supostamente ditada pelo anjo de Alá:  Impor um tributo a cada povo que se recusar a praticar o Islamismo.  Recentemente tivemos notícias de que um grupo terrorista estava usando essa medida em um dos lugares que dominaram.

"Ó fiéis, que sucedeu quando vos foi dito para partirdes para o combate pela causa de Deus, e vós ficastes apegados à terra? Acaso, preferíeis a vida terrena à outra? Que ínfimos são os gozos deste mundo, comparados com os do outro!  Se não marchardes (para o combate), Ele vos castigará dolorosamente, suplantar-vos-á por outro povo, e em nada podereis prejudicá-Lo, porque Deus é Onipotente." (Surata 9: 38, 39).  
Ou seja, se vocês fazem guerra e obrigarem os outros a praticarem essas tolices, ou os outros é que vão impedir vocês de praticá-las.  O onipotente nada tem a fazer.

"Deus cobrará dos fiéis o sacrifício de seus bens e pessoas, em troca do Paraíso. Combaterão pela causa de Deus, matarão e serão mortos. (Surata 9:111). 
Isso é o Islamismo: matar e morrer em troca do suposto paraíso.

"Ó fiéis, combatei os vossos vizinhos incrédulos para que sintam severidade em vós; e sabei que Deus está com os tementes." (Surata 9:123).
"Em verdade, Deus aprecia aqueles que combatem, em fileiras, por Sua causa, como se fossem uma sólida muralha." (61:4). 
Quer dizer: Se você quer agradar a Deus, vá praticar terrorismo, torturar, matar, impor sua fé ao resto do mundo.

 O castigo, para aqueles que lutam contra Deus e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra(368), é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo." (Surata 5: 33)

"Infundiremos terror nos corações dos incrédulos" (Surata 3: 151).   

 

E, depois de tudo isso, ainda há gente de fora acreditando que o Islamismo não é uma ameaça ao resto do mundo!   Essa conversa de religião de paz é só onde há obstáculos no caminho.  Onde não há, você obedece, ou é castigado, ou morre.

 

Ver mais sobre o ISLAMISMO

 

..

.